Audi lança módulo de computação visual NVIDIA Tegra em 2013

NVIDIA O novo sistema de informação e entretenimento permite atualizações em tempo real de imagens do Google Earth e também facilita o fornecimento de informações online.

A NVIDIA anuncia que o sistema mais recente de informação e entretenimento automotivo da Audi, incluindo tecnologia NVIDIA® Tegra®, será lançado globalmente em veículos ainda em 2013.

O inovador sistema de informação e entretenimento modular Audi MIB apresenta um novo e poderoso módulo computacional, o MMX, baseado no Módulo de Computação Visual Tegra (VCM) da NVIDIA. O novo sistema avançado MIB está disponível atualmente na Europa na nova versão do Audi A3. Começando com os maiores mercados da Ásia, o sistema chegará a mais regiões ainda este ano e irá para os Estados Unidos e Canadá em 2014.

imagem 1O sistema conectado Audi MIB equipa o Audi Connect, que permite atualizações em tempo real de imagens do Google Earth, incluindo panoramas de 360 graus do Google Maps Street View. Ele também facilita o fornecimento de outras informações online, como preços do combustível, previsões de tempo e pesquisa de pontos de interesse pelo Google Local Search. Vale destacar que a inovadora arquitetura MIB recebeu o “Prêmio de Melhor Solução de Informação e Entretenimento OEM Global” na 10ª cerimônia anual Telematics Update em Novi, Michigan.

imagem 2“O início da produção do sistema de informação e entretenimento MIB, baseado em Tegra, foi um grande marco para a Audi”, avalia Mathias Halliger, chefe de arquitetura de sistemas MMI na Audi. “A nova abordagem modular permite uma evolução dos sistemas de multimídia independente dos ciclos automotivo e eletrônico, para que possamos implementar as melhores e mais recentes inovações que possibilitem uma experiência exclusiva de informação e entretenimento no veículo para o cliente”, conclui o executivo.

A abordagem do novo sistema MIB foi planejada para todos os novos carros, gerações e revisões futuras da Audi. Ele também será usado nos avançados sistemas de navegação das marcas do grupo Volkswagen e Skoda.

imagem 3 No centro do sistema MIB está o VCM da NVIDIA, baseado no processador móvel NVIDIA Tegra. O design modular do VCM permite que os fabricantes de automóveis separem as tecnologias de processamento de rápida evolução das peças eletrônicas dos veículos, que demoram mais para serem atualizadas. Isso pode economizar significativamente o tempo e o custo de desenvolvimento dos fabricantes de automóveis ao possibilitar a implementação rápida de sistemas veiculares em diversos modelos de veículos.

imagem 4“A abordagem de VCM modular da NVIDIA permite que empresas como a Audi migrem rapidamente de um processador Tegra 2 para um Tegra 3 e assim por diante”, explica Taner Ozcelik, gerente geral de setor automotivo na NVIDIA. E complementa: “o fabricante de automóveis nunca teve a oportunidade antes de fornecer uma nova geração de tecnologia eletrônica em tão pouco tempo”.

A NVIDIA trabalha com os fabricantes de automóveis mais arrojados para fornecer tecnologia móvel avançada para motoristas e passageiros. Mais informações sobre as soluções da NVIDIA para o mercado automotivo estão disponíveis em http://www.nvidia.com.br/automotive.

 Sobre a AUDI

A Audi of America, Inc. e suas concessionárias nos Estados Unidos oferecem uma linha completa de veículos de luxo projetados na Alemanha. A AUDI AG está entre as marcas de automóveis de luxo mais bem-sucedidas em todo o mundo. A Audi foi a marca de luxo de melhor desempenho na Europa em 2011 e quebrou os recordes históricos de venda da empresa nos Estados Unidos. A AUDI AG investirá cerca de US$ 17 bilhões em novos produtos e tecnologias até 2016. Acesse www.audiusa.com ou www.audiusanews.com para mais informações sobre assuntos empresariais e veiculares da Audi.

 Sobre a NVIDIA

A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) despertou o mundo para o poder da computação visual quando, em 1999, criou uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU. Atualmente, seus processadores estão embarcados em uma grande variedade de produtos, desde smartphones até supercomputadores. Os processadores móveis da NVIDIA são utilizados em celulares, tablets e sistemas de infoentretenimento em automóveis. Os PC gamers confiam nas GPUs para alcançar uma experiência imersiva nos jogos de última geração. E os profissionais as utilizam para criar gráficos 3D e efeitos visuais em filmes e para projetar qualquer coisa, desde clubes de golfe até grandes aviões. E pesquisadores utilizam as GPUs para transpor as fronteiras da ciência por meio da computação de alta performance. Fundada em 1993 e com sede na Califórnia, a NVIDIA detém mais de 5 mil patentes. Com receita de US$ 4 bilhões no ano fiscal 2011/12, a companhia conta com 6.800 profissionais e mantém operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil. Mais informações: www.nvidia.com.br e nas mídias sociais (NVIDIA Brasil no Facebook e @nvidiabrasil no Twitter).

Os comentários estão desativados.