NVIDIA potencializa experiência dos usuários de Windows 8 e RT

As novas plataformas da Microsoft foram desenvolvidas para explorar ao máximo o poder de processamento gráfico das GPUs e proporcionar aos PCs e dispositivos móveis ganhos surpreendentes em desempenho e eficiência energética.

A expertise da NVIDIA em computação visual e móvel e sua extensa colaboração com a Microsoft prometem experiências superiores aos usuários de PCs e dispositivos móveis equipados com GPUs (Unidades de Processamento Gráfico) NVIDIA® usando o Windows 8 ou o Windows RT.

Os PCs equipados com GPUs NVIDIA GeForce® vão proporcionar aos consumidores experiências excepcionais em tarefas como edição de fotos e vídeos, jogos e navegação na web. Tudo isso porque o Windows 8 e o Internet Explorer 10 agora tiram proveito do potencial de processamento gráfico das GPUs.

Além disso, os processadores NVIDIA Tegra® vão equipar uma nova geração de dispositivos móveis com Windows RT incrivelmente finos e leves que funcionarão por vários dias com uma única carga de bateria.

O Windows RT é uma versão do Windows 8 só que para processadores ARM (o Windows 8 é para x86) e com a presença do Windows RT nos dispositivos móveis os usuários poderão tirar proveito do poder de processamento gráfico do Tegra 3 permitindo que o dispositivo fique conectado em modo de espera por duas semanas. A maioria dos dispositivos Windows RT que estão sendo lançados usa o NVIDIA Tegra 3, incluindo o ASUS Vivo Tab RT, o Lenovo IdeaPad Yoga 11 e o Microsoft Surface RT.

“Trabalhamos durante três anos com a Microsoft para garantir que o Windows RT forneça uma experiência fluida em dispositivos móveis”, afirma Richard Cameron, country manager da NVIDIA no Brasil. “Nossa experiência com o Windows e nossa especialização no que diz respeito ao processador ARM faz com que a NVIDIA seja especialmente qualificada para oferecer uma experiência superior de uso do Windows em qualquer sistema – dos modernos e atraentes tablets Windows RT, aos sofisticados PCs para jogos com Windows 8”, comenta Cameron.

Há quase duas décadas a NVIDIA vem trabalhando em estreita colaboração com a Microsoft para fornecer tecnologias gráficas e drivers de vídeo para sistemas operacionais e APIs. Os engenheiros da NVIDIA começaram a trabalhar há três anos para dar apoio à iniciativa da Microsoft de tirar proveito de hardware para gráficos no Windows 8 e estender seu popular sistema operacional aos tablets. A NVIDIA ofereceu extenso suporte – incluindo kits de desenvolvimento, suporte a software e centenas de engenheiros especializados – em colaboração com a Microsoft para proporcionar uma experiência incrível de uso do Windows em dispositivos móveis.

Mantendo a promessa da Microsoft de uma experiência sem concessões, o Windows RT vai aumentar a produtividade dos dispositivos móveis com a inclusão do Microsoft Office Home and Student 2013 RT Preview, que inclui Word 2013 RT, Excel 2013 RT, PowerPoint 2013 RT e OneNote 2013 RT.

Além disso, os dispositivos Windows RT com Tegra são excelentes para jogos, equipados com uma GPU NVIDIA de 12 núcleos que processa cenas realistas com iluminação dinâmica e efeitos físicos em tempo real. A NVIDIA também vai estender seu popular aplicativo TegraZone™ ao Windows RT, de forma que os gamers possam facilmente identificar os jogos mais atraentes para dispositivos Windows RT com Tegra.

Para os atuais usuários de GeForce que têm planos de fazer um upgrade no sistema operacional, a NVIDIA já lançou drivers para GeForce com certificação Windows Hardware Quality Labs (WHQL) na tentativa de garantir que os PCs estejam prontos para o Windows 8.

 Sobre a NVIDIA

A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) despertou o mundo para o poder da computação visual quando, em 1999, criou uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU. Atualmente, seus processadores estão embarcados em uma grande variedade de produtos, desde smartphones até supercomputadores. Os processadores móveis da NVIDIA são utilizados em celulares, tablets e sistemas de infoentretenimento em automóveis. Os PC gamers confiam nas GPUs para alcançar uma experiência imersiva nos jogos de última geração. E os profissionais as utilizam para criar gráficos 3D e efeitos visuais em filmes e para projetar qualquer coisa, desde clubes de golfe até grandes aviões. E pesquisadores utilizam as GPUs para transpor as fronteiras da ciência por meio da computação de alta performance. Fundada em 1993 e com sede na Califórnia, a NVIDIA detém mais de 5 mil patentes. Com receita de US$ 4 bilhões no ano fiscal 2011/12, a companhia conta com 6.800 profissionais e mantém operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil. Mais informações: www.nvidia.com.br e nas mídias sociais (NVIDIA Brasil no Facebook e @nvidiabrasil no Twitter).

Os comentários estão desativados.