Games demonstrados no Nexus 7 destacam poder de processamento do Tegra

Durante apresentação do novo tablet do Google, executivos usaram games para mostrar ao público a qualidade gráfica do processador quad-core NVIDIA Tegra 3.

O Google apresentou durante o Google I/O, em São Francisco, seu novo tablet Nexus 7 equipado com o processador NVIDIA Tegra 3. Durante a apresentação do primeiro dispositivo móvel configurado para o sistema operacional Android Jelly Bean, os executivos da empresa rodaram alguns games, justamente para demonstrar o poder de processamento do tablet. Horn, Dead Trigger, Beach Buggy Blitz THD, Bladeslinger THD e ExZeus II THD em breve estarão disponíveis aos usuários de dispositivos móveis para Android através do aplicativo Tegra Zone.

O Horn é um jogo de ação e aventura em terceira pessoa desenvolvido pela Phosphor Games e distribuído pela Zynga. O jogo demonstra o ápice do que é possível em jogos para dispositivos móveis com seu mundo dinâmico e envolvente da mesma qualidade que os consoles. Levemente baseado nos antigos contos ingleses do rei Horn, o jogador assume o papel de um jovem aprendiz de ferreiro chamado Horn que, um dia, acorda e encontra seu vilarejo infestado por grandes monstros fantásticos e, por vezes, cômicos. É revelado que essas criaturas são, na verdade, os habitantes e animais de seu vilarejo que foram transformados por uma maldição, e só o jogador tem poderes de libertá-los. O gamer controla o Horn ao longo da jornada com controles de toque acessíveis e intuitivos para caminhar, pular, rastejar e viajar usando cordas através de um mundo fantástico rico e único. As melhorias exclusivas do Tegra 3 incluem sombras, tecidos com simulação física e simulação dinâmica da água.

O Dead Trigger também foi apresentado no Nexus 7. No game, o mundo entrou em colapso devido a uma estranha infecção que transforma pessoas normais em zumbis, e fica por conta do jogador, usar seu arsenal e desmantelar as massas de mortos-vivos.

O Beach Buggy Blitz THD é o mais novo jogo da Vector Unit. Construído em torno de uma mecânica de “direção infinita” que desafia os jogadores a dirigir através de ambientes opulentes – encarando praias e vulcões, sentindo aquele frio na barriga em saltos gigantescos e destroçando ambientes completamente destrutíveis. Os recursos exclusivos do Tegra 3 incluem efeitos de gotas na lente da câmera e faróis dinâmicos em cavernas.

O Bladeslinger THD desafia o gamer a jogar como o herói que  voltou para casa após anos de guerra e descobriu que alguém, ou algo, corrompeu a todos na cidade. Será necessário descobrir o que aconteceu e curar a cidade desta maldição. Os recursos exclusivos do Tegra 3 incluem simulação da dinâmica de tecidos, sistemas de luzes avançados, física tipo ragdoll e mais inimigos na tela.

ExZeus II THD visa trazer mais profundidade ao sucesso do game original ao mesmo tempo em que propicia recursos exclusivos do Tegra 3 como armamentos exclusivos e ambientes mais detalhados. Upgrades disponíveis ao longo do jogo influirão nos atributos de seu robô, ajudando o jogador a avançar através de fases mais difíceis.

Mais informações estão disponíveis no blog da NVIDIA (http://blogs.nvidia.com/2012/06/next-gen-tegrazone-games-debut-on-google-nexus-7-tablet/).

Sobre a NVIDIA

A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) despertou o mundo para o poder da computação visual quando, em 1999, criou uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU. Atualmente, seus processadores estão embarcados em uma grande variedade de produtos, desde smartphones até supercomputadores. Os processadores NVIDIA Tegra® são utilizados em celulares, tablets e sistemas de infoentretenimento em automóveis. Os gamers confiam nas GPUs GeForce® para alcançar uma experiência única de realismo nos jogos de última geração. Já os processadores Quadro® são adotados por profissionais que demandam alta precisão gráfica em seus projetos. E pesquisadores utilizam as GPUs Tesla® para transpor as fronteiras da ciência por meio da computação de alta performance. Fundada em 1993 e com sede na Califórnia, a NVIDIA detém mais de 5 mil patentes. Com receita de US$ 4 bilhões no ano fiscal 2011/12, a companhia conta com 6.800 profissionais e mantém operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil. Mais informações: www.nvidia.com.br e nas mídias sociais (NVIDIA Brasil no Facebook e @nvidiabrasil no Twitter). Assista NVIDIA no Discovery Channel: http://www.youtube.com/watch?v=iX93vj2zclM

Os comentários estão desativados.