Jovens indianos preferem redes sociais para se comunicar, revela pesquisa

Estudo conduzido pela Tata Consultancy Services mostra ainda que esses jovens da ‘Geração Y’ estão utilizando cada vez mais os dispositivos móveis para se conectarem. Mais de 40% já acessam a Internet pelo celular e 14% possuem tablets.

A ‘Geração Y’ da Índia está transformando rapidamente o paradigma de comunicação pela crescente adoção dos dispositivos móveis e das plataformas sociais paras se conectarem, como Facebook, Twitter, chats e programas de mensagens instantâneas. É o que mostra uma pesquisa conduzida pela Tata Consultancy Services (TCS) com mais de 12.300 jovens entre 12 e 18 anos que cursam o ensino médio em 12 cidades indianas.

Logo abaixo estão as principais tendências constatadas no estudo “GenY”, que estão mudando a forma como esses jovens pensam suas relações sociais e acadêmicas:

10 Principais Tendências Porcentagem
Utilizam o Facebook 85%
Acessam a Internet de casa 84%
Possuem celulares 79%
Utilizam a Internet para pesquisas escolares 74%
Possuem e acessam a Internet de um PC 68%
Utilizam a Internet para chat / para se conectar 68%
Fazem chamadas por voz para se comunicar 59%
Utilizam e-mail como uma ferramenta de comunicação 45%
Preferem TI como a primeira opção de carreira 34%
Gastam mais que uma hora na Internet todos os dias 33%

Mobilidade:

  •   8 em cada 10 alunos do ensino médio na Índia possuem celulares e mais de 40% os utilizam para acessar a Internet (em 2009 eram apenas 12%)
  •  PCs ainda dominam o acesso à web (68%), seguido pelos laptops (50%)
  • Destaque para o crescente uso dos tablets: 14% já possuem o dispositivo

Escola e Social:

  • Entre as principais razões para acessar a Internet estão: efetuar pesquisas escolares (75%), conversar com os amigos (68%) e ouvir música (50%)
  • Mais de 84% se conectam à web de casa (em comparação a 58% em 2009)
  • O uso de cybercafés tem caído drasticamente, de 46% em 2009 para apenas 20% hoje

Redes sociais:

  • Facebook é a rede favorita entre os jovens indianos para se conectarem com os amigos (88% dos que vivem em cidades mais desenvolvidas economicamente possuem perfil no Facebook)
  •  Outras plataformas como Orkut e redes baseadas na Índia (Apnacircle, iBibo e Hi5) são mais populares em cidades menos desenvolvidas.
  • Apenas 1% listou o Twitter como o canal de comunicação preferido
  • O uso de mídias sociais com foco em carreira como LinkedIn é muito frequente em centros de negócios, como Mumbai e Ahmedabad, mas sua utilização é baixa em abrangência nacional

Mande mensagem, não ligue:

  • Metade dos entrevistados considera o SMS como a melhor forma para se comunicar, enquanto 45% utilizam mensagens instantâneas
  • 38% utilizam Facebook ou Twitter e apenas 34% fazem uso do e-mail para o mesmo fim

A TV é remota:

  • Apenas 1% dos indianos da ‘Geração Y’ utiliza a TV como entretenimento
  • O telefone celular é o dispositivo favorito (28%)
  • Consoles de jogos estão se tornando cada vez mais populares (45% dos estudantes possuem um console nas cidades mais desenvolvidas e 16% nas periféricas)
  • 15% utilizam tablets (apenas 7% nas cidades menos desenvolvidas)
  •  60% possuem um tocador de música

Carreira em TI:

  • TI permanece como o campo de trabalho mais buscado pelos jovens indianos da geração web 3.0 (34%)
  • Engenharia e Medicina vêm em seguida
  • As áreas de Mídia e Entretenimento crescem como opção de carreira nos centros urbanos

“A combinação entre maior oferta de banda larga, dispositivos inteligentes e a crescente popularidade das redes sociais está mudando a forma como os alunos do ensino médio da Índia estão conduzindo suas vidas acadêmicas e sociais. Como empregadores dessa talentosa juventude indiana, precisamos entender como alavancar essas tendências sociais para criar carreiras atrativas para esses profissionais do futuro”, comenta N.Chandrasekaran, CEO mundial da Tata Consultancy Services.

“A pesquisa destaca a relevância crescente de conceitos como redes sociais e jogos, que podem ser utilizados para impulsionar a colaboração, a criatividade e a produtividade entre jovens colaboradores da empresa. Isso pode ajudar a manter os profissionais da Geração Y comprometidos através de suas carreiras”, completa Ajoy Mukherjee, vice-presidente mundial de RH da companhia.

Mais informações sobre a pesquisa desenvolvida pela TCS e o documento na íntegra estão disponíveis no site http://sites.tcs.com/genysurvey/

Sobre Tata Consultancy Services (TCS)

A Tata Consultancy Services (TCS) é uma empresa especializada em serviços de TI, soluções de negócios e outsourcing. Como parte do Grupo Tata, maior conglomerado econômico da Índia, a TCS mantém operações em 42 países e conta com mais de 238.000 profissionais. A receita da companhia no ano fiscal 2011-2012 foi de US$ 10,17 bilhões. A TCS América Latina é o braço de negócios da consultoria indiana que opera em países como Brasil, Uruguai, Chile, Argentina, Colômbia e Equador. A empresa conta com mais de 8.000 consultores e cerca de 150 clientes na região. Com operações no país desde 2002, a TCS Brasil fornece serviços e soluções de TI, outsourcing e BPO para cerca de 30 clientes, entre os quais estão as principais instituições financeiras do país, companhias de telecomunicações, empresas de mineração, energia, entre outras. A TCS possui um Centro Global de Desenvolvimento localizado em Alphaville (São Paulo) que conta com dupla certificação CMMI 5, para as áreas de serviços (CMMI-SVC) e desenvolvimento de software (CMMI-DEV). As ações da TCS estão listadas nas bolsas indianas National Stock Exchange e Bombay Stock Exchange. Mais informações: www.tcs.com

Os comentários estão desativados.