Supercomputador brasileiro melhor colocado no Top500 possui GPUs NVIDIA

Pertencente à Petrobras, fabricado pela Itautec e equipado com processadores NVIDIA Tesla, o Grifo04 ficou na 68ª colocação do ranking mundial e em 1º lugar entre os supercomputadores da América Latina.

A nova lista dos 500 supercomputadores mais potentes do mundo (www.top500.org) traz como novidade a inclusão do modelo Grifo04, que se torna o mais bem colocado supercomputador do Brasil e da América Latina no ranking Top500 (68ª posição na lista mundial e 1º na América Latina). Instalado na Petrobras, o equipamento será utilizado para a realização de estudos de processamento sísmico, considerados fundamentais para o sucesso da exploração de petróleo na camada do pré-sal.

Fabricado pela Itautec, a máquina é equipada com 1088 unidades de processamento gráfico (GPUs) NVIDIA Tesla M2050 que confere a ela um desempenho de 251.5 Teraflops, com 14.408 cores de CPU, enquanto o Tupã, computador brasileiro que está na 79ª posição da lista, faz 214.2 teraflops com 31.104 cores de CPU. “Isso equivale a uma capacidade de processar nada menos que 251,5 trilhões de operações aritméticas por segundo, comprovando o diferencial do uso de GPUs no desempenho dos supercomputadores”, destaca Arnaldo Tavares, gerente de vendas para linha Tesla da NVIDIA no Brasil e Cone Sul.

O Grifo04 possui 544 servidores, sendo que cada um contempla 2 GPUs NVIDIA Tesla M2050. O supercomputador brasileiro consome 365.5 KW de energia, enquanto o Galileu (UFRJ/COPE), listado na posição 465º, consome 430 KW. “Não basta apenas ser o mais rápido, o uso eficiente de energia também é fundamental para que as empresas e centros de pesquisa possam usufruir ao máximo os benefícios do equipamento”, completa o executivo.

A NVIDIA Tesla M2050 também é a GPU usada no Tianhe-1A, supercomputador chinês que assumiu o topo da lista em 2010. Agora em 2012, os Estados Unidos voltaram a assumir a liderança, que desde 2010 era ocupada pela China, com o supercomputador Sequóia da IBM. Confira a relação completa dos supercomputadores no site: http://www.top500.org/list/2012/06/100.

Sobre a NVIDIA

A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) despertou o mundo para o poder da computação visual quando, em 1999, criou uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU. Atualmente, seus processadores estão embarcados em uma grande variedade de produtos, desde smartphones até supercomputadores. Os processadores NVIDIA Tegra® são utilizados em celulares, tablets e sistemas de infoentretenimento em automóveis. Os gamers confiram nas GPUs GeForce® para alcançar uma experiência única de realismo nos jogos de última geração. Já os processadores Quadro® são adotados por profissionais que demandam alta precisão gráfica em seus projetos. E pesquisadores utilizam as GPUs Tesla® para transpor as fronteiras da ciência por meio da computação de alta performance. Fundada em 1993 e com sede na Califórnia, a NVIDIA detém mais de 5 mil patentes. Com receita de US$ 4 bilhões no ano fiscal 2011/12, a companhia conta com 6.800 profissionais e mantém operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil. Mais informações: www.nvidia.com.br e nas mídias sociais (NVIDIA Brasil no Facebook e @nvidiabrasil no Twitter). Assista NVIDIA no Discovery Channel: http://www.youtube.com/watch?v=iX93vj2zclM

Os comentários estão desativados.