Zoom cria área de publicidade específica para atender indústrias

O foco será em campanhas diferenciadas de mídia que permitam aos fabricantes explicar os benefícios de seus produtos dentro do ambiente de comparação de preços.

Mesmo tendo as melhores lojas e preços a um clique de distância, o consumidor muitas vezes precisa de uma ajuda em um passo anterior: a escolha do produto. Enfatizando sua proposta de ser a melhor ferramenta de apoio à compra, o Zoom (www.zoom.com.br) passa a oferecer aos fabricantes oportunidades de mídia que combinam conteúdo e comparação de preços. A nova área de mídia digital tem foco na indústria e aposta em projetos de mídia como forma de apresentar os melhores produtos e lançamentos aos usuários.

“Estamos apostando em outra linguagem, pois para os fabricantes não basta o marketing institucional da marca, e sim ter a oportunidade de defender por que sua tecnologia, funcionalidade ou design são melhores que o do produto concorrente para um determinado consumidor”, explica Francisco Donato, CEO do Zoom. A aposta é em formatos diferenciados, como vídeos, hotsites e conteúdos interativos.

A venda de banners no formato tradicional está banida da carteira de ofertas da equipe comercial que é comandada por Cecilia Nobrega, profissional recém-contratada com experiência em empresas como Bondfaro/Buscapé, Grupo Bolsa de Mulher e portal Kzuka/Grupo RBS.

“Criando uma equipe dedicada a pensar as necessidades da indústria estamos dando uma excelente ferramenta de negócios às fábricas, já que os itens mais procurados nos buscadores são os produtos com alta tecnologia embarcada. Isso dificulta muito a escolha do consumidor leigo que se perde em relação às especificidades do produto, seja ele um smartphone, uma TV ou um blu-ray. Esse é o nosso diferencial, pois oferecemos ao consumidor final conteúdo relevante de um produto expondo o que ele possui de melhor”, acrescenta Donato.

Estudo da empresa de pesquisa eMarketer prevê que o mercado de compras online deve crescer 22% em relação a 2011, o que representa um faturamento de quase US$ 19 bilhões em 2012. A pesquisa também mostra que a partir de 2013, o Brasil deve responder por mais da metade das vendas online na América Latina. “O crescimento do mercado em si já é absurdo e ainda assim estamos em ritmo superior já que de novembro para cá nosso volume de visitas mês dobrou, chegando a 7 milhões, justamente porque nossa proposta é traduzir o tecniquês da indústria para algo compreensível ao consumidor normal”, finaliza o executivo.

Sobre o Zoom:

O Zoom é um comparador de preços que tem como diferencial uma completa experiência de busca de produtos para o consumidor, oferecendo conteúdo relevante por meio de vídeos explicativos, comentários e avaliações dos usuários e artigos sobre produtos e tecnologias. A empresa tem como clientes mais de 200 lojas e concentra mais de 2 milhões de ofertas em suas páginas. Mais informações no site www.zoom.com.br

Os comentários estão desativados.