Rio de Janeiro sedia o primeiro evento sobre processamento paralelo da América Latina

NVIDIA, UFF e UFRJ reúnem pesquisadores, alunos e interessados em conhecer os avanços do mercado de GPUs e formas de usar o processamento a favor de suas pesquisas e projetos.

Acontece no dia 24 de outubro em Niterói, no Rio de Janeiro, o primeiro Workshop Latino Americano de GPU Computing. O evento, realizado em parceria com a NVIDIA, Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), tem como objetivo reunir a comunidade científica e a indústria num ciclo de palestras e fóruns focados em processamento paralelo e de alta performance em GPUs (Unidades de Processamento Gráfico). As palestras visam apresentar todo o potencial do processamento gráfico já disponível no mercado, ensinando técnicas para o desenvolvimento de soluções de processamento paralelo usando a arquitetura das atuais GPUs. Durante o evento também serão apresentadas as novas tendências que estão por vir no segmento e que terão impacto em todas as áreas de ensino, com ênfase nas ciências exatas e biológicas.

O grande destaque do evento fica por conta da participação de David Kirk, PhD em Ciência da Computação pelo Instituto de Tecnologia da Califórnia (Celtech), e pesquisador da NVIDIA. Na ocasião, Kirk apresentará aos participantes detalhes sobre processamento paralelo.  “Já é fato hoje que a GPU está presente em supercomputadores, PCs, notebooks, tablets e smartphones, mas o que interessa aos pesquisadores e cientistas é saber como usar todo o potencial desses processadores ao seu favor. É justamente para falar sobre isso que a NVIDIA está trazendo para o Brasil  o seu principal porta-voz no assunto”, destaca Arnaldo Tavares, gerente de vendas da linha Tesla da NVIDIA no Brasil e no Cone Sul.

Ainda na programação do evento estão previstas as participações de professores da UFF para apresentarem detalhes sobre “Modelagem de algoritmos em CUDA”, profissionais da Petrobras para falar sobre “processamento sísmico em GPUs”, além da presença de professores da UFRJ, da PUC-Rio e da Universidade Federal do Mato Grosso. O INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) também marca presença no evento através do pesquisador Reinaldo Rosa.

Serviço:

I Workshop Latino Americano de GPU Computing

Local: Universidade Federal Fluminense – Campus Praia Vermelha – Niterói / RJ

Endereço: Rua Passo da Pátria, 156 – Auditório de Geociências

Mais informações: http://www.ic.uff.br/~medialab/wordpress/?p=246

Comitê Organizador: Esteban Clua (UFF), Ricardo Farias (UFRJ).

Comitê Científico: Anselmo Montenegro (UFF), Arnaldo Tavares (NVIDIA), Esteban Clua (UFF), Leandro Fernandes (UFF), José Ricardo Jr (UFF), Marcelo Zamith (UFF), Marcos Lage (UFF), Mark Joselli (UFF), Reinaldo Rosa (INPE), Ricardo Farias (URFJ) e Waldemar Celes (PUC-Rio).

 David Kirk – atuou como cientista-chefe na NVIDIA de 1997 a 2009, cargo onde liderou o desenvolvimento de tecnologia gráfica para plataformas responsáveis pela popularização do entretenimento do consumidor. Entre junho de 1996 e janeiro de 1997 atuou como consultor de software e de gestão técnica. De 1993 a 1996, Dr. Kirk foi o cientista-chefe e chefe de tecnologia para o Crystal Dynamics, uma empresa de fabricação de videogames. De 1989 a 1991, Dr. Kirk trabalhou na Apollo Division da Hewlett-Packard como engenheiro de sistemas. Kirk têm os títulos de bacharel e mestrado em Engenharia Mecânica pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts, além de mestrado e PhD em Ciência da Computação do Instituto de Tecnologia da Califórnia – Caltech.  Em 2002, recebeu o ACM SIGGRAPH – Computer Achievement Award, prêmio por suas significativas contribuições para trazer os benefícios da computação gráfica de alta performance para o mercado de massa. Em 24 de fevereiro de 2006 foi eleito para Academia Nacional de Engenharia. Dr. Kirk inventou 50 patentes e aplicações de patentes relativas a design gráfico e algoritmos e publicou mais de 50 artigos sobre tecnologia gráfica. Kirk foi homenageado pelo Instituto de Tecnologia da Califórnia em 2009 com o prêmio Distinguished Alumni, a sua mais alta honraria, por seu trabalho na indústria de tecnologia gráfica. Em 2006, ele foi eleito para a Academia Nacional de Engenharia por seu papel em trazer gráficos de alto desempenho para computadores pessoais.  Também é autor de livros sobre computação gráfica.

 Sobre a NVIDIA

A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) despertou o mundo para o poder da computação visual quando, em 1999, criou uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU. Desde então, vem desenvolvendo soluções que visam a potencializar a experiência multimídia de usuários de dispositivos móveis, notebooks e PCs. Reconhecida no mercado pelo maciço investimento em inovação, que culminou no lançamento do primeiro kit 3D para PC, a NVIDIA possui soluções voltadas tanto para usuários domésticos, quanto para profissionais. Os processadores GeForce®, por exemplo, são amplamente difundidos no mundo dos games, enquanto os processadores Quadro® são adotados por empresas que demandam extrema precisão gráfica em seus projetos. Fundada em 1993 e com sede na Califórnia, a empresa detém mais de 2.100 patentes nos EUA. Com receita de US$ 3,54 bilhões no ano fiscal 2010/11, a NVIDIA conta com 6.800 profissionais e mantém operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil. Mais informações: www.nvidia.com.br. Assista NVIDIA no Discovery Channel: http://www.youtube.com/watch?v=iX93vj2zclM

Anúncios

Os comentários estão desativados.