Programa propõe atividade física contra osteopenia e osteoporose

Centro de Bem-Estar Levitas conta com programa pioneiro de acompanhamento de clientes com osteopenia e osteoporose. O grupo formado por 65 pessoas utiliza a atividade física como ‘remédio’ para a formação óssea.

 Dados mundiais apontam que 200 milhões de pessoas no mundo, sendo 10 milhões delas no Brasil, têm osteoporose. Ao avaliar esses dados pode-se afirmar que uma em cada três mulheres com mais de 50 anos apresenta o quadro. O cenário é preocupante tendo em vista que cada vez mais as pessoas convivem com fatores de risco como tabagismo, alcoolismo, sedentarismo e estresse. A Organização Mundial de Saúde tem a iniciativa “Bone and Joint Decade” (http://www.boneandjointdecade.org/) que discute o tema osteoporose e tem como lema o “Keep People Moving” que reforça que a prática de exercícios físicos (e não apenas a ingestão de cálcio de forma isolada) é o melhor “remédio”.

 Tendo em vista este cenário, o Centro de Bem-Estar Levitas criou em meados de 2005 um projeto pioneiro de acompanhamento de clientes que necessitam de orientação específica para o ganho de massa óssea. Desenvolvido pelo médico Dr. Américo Marques, o programa Osteofit utiliza como base a atividade física, que é a ferramenta ideal para estimular a formação óssea por meio do fortalecimento muscular e de exercícios com impacto moderado. O programa é baseado em exames laboratoriais e de densitometria óssea, que detectam a absorção e eliminação de cálcio no organismo e a quantidade de vitamina D presente. A partir da análise dos resultados a equipe de orientadores, composta por fisioterapeutas e educadores físicos, desenvolve treinos personalizados.

 Segundo Santiago Munhos, fisioterapeuta coordenador do grupo Osteofit, esse atendimento personalizado é que faz a diferença. “Como realizamos um acompanhamento de perto conseguimos ter resultados muito satisfatórios em um curto período. Por isso, ao contrário dos padrões internacionais estabelecidos e praticados aqui no Brasil, que solicita densitometria óssea anual e apenas em dois pontos, nós solicitamos a cada seis meses e avaliamos cinco áreas do corpo para identificar o risco do cliente”, afirma.

 As áreas analisadas são: lombar e fêmur não dominante (já avaliados nos padrões internacionais), bem como fêmur dominante e antebraços. Munhos explica que a avaliação de cinco partes do corpo é importante para elaborar um treino ainda mais específico e evitar que se confunda uma coluna com osteófitos com uma coluna saudável.

 Como surgiu?

 O Osteofit surgiu em meados de 2005, quando Dr. Américo Marques, que também é oncologista, avaliava os resultados de exames de uma cliente na faixa dos 45 anos. Mesmo passando por um tratamento para cura de um câncer e tendo outros fatores de riscos para o desenvolvimento de osteopenia/osteoporose, como retirada do ovário, quimioterapia e administração de anti-estrógeno, a cliente permanecia com a saúde óssea em perfeito estado. “Como ela praticava atividade física com regularidade analisamos o quadro e percebemos que o exercício era naquele caso uma ferramenta poderosa para a produção óssea”, afirma.

 Essa foi a primeira pessoa a compor o Osteofit. Hoje, o programa pioneiro no segmento é composto por 65 clientes Levitas, sendo oito deles homens em idade mediana de 60 anos. Porém, ao contrário do que muitos podem pensar, há hoje no grupo diversos clientes jovens, entre 30 e 40 anos. “O Levitas é um Centro de Bem-Estar e a nossa maior preocupação é conseguir contribuir para que o nosso cliente possa ter mais saúde e qualidade de vida. E certamente um programa como o Osteofit proporciona ao cliente a possibilidade de viver bem e melhor”, finaliza o médico.

 Sobre o Levitas:

Criado em 2001 pelo cirurgião plástico e oncologista, Dr. Américo Marques, o Centro de Bem-Estar Levitas tem como objetivo proporcionar mais saúde e qualidade de vida aos seus clientes, respeitando o perfil de cada um na busca pelo bem-estar e pensando a medicina de forma integrada. Para isso, apoia-se em uma linha de trabalho baseada em atividades físicas, tratamentos estéticos, fisioterápicos e nutrição. O Levitas conta com profissionais altamente capacitados e apresenta como diferencial de mercado o acompanhamento full time dos clientes por um time de educadores físicos e fisioterapeutas. Os serviços incluem atividades físicas como musculação, postural, caminhadas e corridas monitoradas ao ar livre no Parque do Ibirapuera, Yoga, tonificação, Mat Pilates, ginástica funcional, hidroginástica, dança, bike, alongamento, Studio Pilates, Power Plate, reabilitação esportiva e RPG, bem como atividades específicas para gestante e pessoas com osteopenia e osteoporose. Na área de Touch (estética) destaque para o tratamento da hiperbárica (exclusivo Levitas), drenagem linfática, massagem relaxante, modeladora, Shiatsu, pedras quentes, peeling, entre outras. O centro de bem-estar conta com 900 clientes ativos, na faixa etária de 26 a 55 anos, sendo 68% composto por mulheres. O Levitas possui um dos mais altos índices de satisfação do mercado, 50% dos clientes frequentam o espaço há mais de 5 anos. Mais informações pelo website: http://www.levitas.com.br/ ou pelo telefone (11) 3054-7922.

 

Anúncios

Os comentários estão desativados.