Empresa paulista faz sucesso com venda de computadores personalizados e de alta performance pela internet

Conhecida hoje como uma boutique de fabricação de computadores, a First Place conta como se transformou em uma referência para consumidores que procuram máquinas de alto desempenho e feitas sob medida.

Paulo Seabra, de 28 anos, sempre foi um apaixonado por informática. Na banca de jornal de seu pai lia todas as publicações sobre o assunto que encontrava. Em meados de 2004, encontrou oportunidades para trabalhar como o assunto que tanto gostava e passou a fazer a manutenção dos computadores dos amigos e conhecidos.

O bom serviço prestado rendia novos chamados e com o passar do tempo os clientes começaram a pedir para que Paulo um novo computador. “Foi aí que percebi que não existiam pessoas que montavam desktops de alta performance, com componentes de qualidade e feitos de acordo com a necessidade de cada cliente e enxerguei que esse podia ser um mercado promissor, até então, pouco explorado”, destaca Seabra. 

Para ampliar as formas de vendas de computadores personalizados, Paulo passou a publicar anúncios em jornais. Mas o canal que gerou bons resultados mesmo foram os sites de comércio eletrônico, onde colocava computadores montados à venda. A internet fez as vendas crescerem e Paulo percebeu que podia então montar um negócio só seu e assim, em 2005, surgia a First Place (http://www.firstplace.com.br/), com um site e uma loja física na região da Santa Ifigênia.

Paulo trabalhou 12 meses com a loja física, mas as vendas pela internet continuaram representando cerca de 80% do volume de vendas. Resolveu então migrar de vez para a internet. “Como sempre mantive a característica de vender computadores personalizados sob encomenda (alta performance), optei então pela loja virtual e ampliação do atendimento por todo o Brasil”.

Hoje a loja virtual da First Place conta com 22 funcionários e suporte técnico especializado para todo o Brasil. Em 2010 vendeu mais de 2 mil maquinas com preços entre R$ 2mil e R$ 9 mil.

Todos os componentes das máquinas montadas pela empresa têm um ano de garantia e o computador dois anos. A First Place não trabalha com estoque. “Trabalhamos parcerias com os grandes fabricantes de componentes como a NVIDIA, Kingston, etc, para oferecer ao cliente tudo o que há de mais novo no segmento. A melhor placa de vídeo, a melhor memória, o melhor processador, tudo de acordo com a necessidade do cliente que está comprando o desktop. A máquina vendida no grande varejo não oferece o que há de mais novo em termos de componentes e isso acaba sendo mais um diferencial da First Place”.

O pagamento dos computadores é feito pelo cartão de crédito e parcelado em até 10 vezes. O SAC da First Place é feito por telefone e email e o tempo de resposta para cada atendimento é de até 3h. “Temos muito foco na qualidade do nosso atendimento, nossos funcionários também entendem isso como algo que nos faz diferentes. Nosso turn-over é muito baixo e temos a equipe sempre motivada, pois percebemos que os clientes se sentem mais confiante quando recebem um atendimento personalizado”. Hoje 40% dos clientes que compram seu primeiro computador na First Place realizam a segunda compra.

 Os clientes da loja eletrônica hoje são profissionais, entusiastas por jogos e consumidores finais que procuram um computador adequado às suas necessidades – máquinas de alta performance feitas sob medida. Como atende consumidores de todo o Brasil, o cuidado com a embalagem e cumprimento do prazo de entrega do produto também são diferenciais da First Place.

Todo esses cuidados com o cliente fez com o que o negócio de Paulo Seabra dobrasse de tamanho em 2010, aproveitando o bom momento que vive a indústria de PCs no Brasil e no mundo. Já para 2011 a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) prevê aumento de 13% nas vendas de computadores pessoais. O Gartner, prevê que os embarques mundiais de PCs devem chegar a 409 milhões de unidades, com um aumento de 15,9% em relação a 2010.

Para esse ano a Fisrt Place espera crescer 20%, especialmente no mercado profissional, com computadores voltados para engenheiros, arquitetos, designers que demandam alta precisão gráfica em seus projetos. pois percebeu que o mercado está necessitando de máquinas de qualidade com componentes adequados. “O crescimento do 3D também influencia o aumento da procura por máquinas diferenciadas, pois a tecnologia exige muito mais do hardware do PC”, lembra Paulo.

 Hoje os clientes da empresa estão mais concentrados em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. “Pensamos em ter um representante em cada uma dessas cidades e expandir os negócios para as regiões norte e nordeste do Brasil no decorrer do ano”. A First Place investe 5% do seu faturamento mensal em marketing.

Anúncios

Os comentários estão desativados.