Astrium GEO distribuirá no Brasil imagens do satélite espanhol DEIMOS-1

Por meio de um acordo assinado com a Elecnor Deimos, operadora comercial do satélite óptico DEIMOS-1 na Europa, a empresa traz para o Brasil um novo sistema para o monitoramento de atividades agrícolas e ambientais.

 A Astrium-GEO Information Services acaba de firmar um acordo com a empresa espanhola Elecnor Deimos para distribuir no Brasil as imagens e produtos de valor agregado gerados a partir do DEIMOS-1, primeiro satélite de observação da Terra 100% privado lançado na Europa.

 Dotado de duas câmeras com seis sensores em cada uma, o satélite possui alta capacidade de processar os dados e enviá-los às estações de recepção de imagens. Suas características permitem ótimo desempenho, sobretudo em regiões equatoriais, nas quais as nuvens em geral impõem restrições para sistemas ópticos. Suas imagens podem ser utilizadas para uma ampla gama de aplicações, entre as quais se destacam os setores de meio ambiente (desmatamento e manejo florestal), agronegócio (serviços baseados em agricultura de precisão, visando a busca de eficiência, produtividade e preservação ambiental) e vigilância marítima.

 O equipamento capta imagens em alta resolução espacial (22m GSD), sendo que cada uma delas cobre uma área de até 625 km x 1000 km. Com revisita a cada 4 dias, o satélite consegue monitorar em apenas uma semana, por exemplo, uma área equivalente à Espanha e Portugal juntos. Menos de dois anos após seu lançamento, em julho de 2009, o acervo do DEIMOS-1 já conta com mais de 5.500 imagens.

 “O satélite DEIMOS-1 atende às necessidades de dados de satélite de resolução média, normalmente cobertos pelo Landsat ou pelos satélites CBERS. Atualmente, a capacidade desses sistemas tem se mostrado reduzida uma vez que suas missões superaram a vida útil. DEIMOS-1 é capaz de realizar a cobertura de grandes extensões territoriais (Estado ou País) em curtos períodos de tempo”, explica Julio López Bravo, gestor de projetos da Elecnor Deimos.

 “No momento em que o desmatamento na Amazônia Legal volta a crescer e na iminência da votação das mudanças no Código Florestal, torna-se crucial o contínuo monitoramento das áreas de devastação para as devidas ações de combate e fiscalização”, explica Pierre Duquesne, diretor-geral da Astrium GEO-Information Services Brasil. “Por meio do acordo inédito firmado com a Elecnor Deimos, passamos a agregar ao nosso portfólio as imagens e produtos de valor agregado do DEIMOS-1, que se adapta perfeitamente às necessidades do Brasil, especialmente por suas grandes extensões agrícolas e florestais”, finaliza o executivo.     

 Sobre a Astrium GEO-Information Services:

Criada por meio da união entre a Infoterra e a Spot Image, subsidiárias da EADS Astrium, a Astrium GEO-Information Services fornece um portfólio de produtos e serviços de observação da Terra e informação geográfica que têm como objetivo agregar valor aos seus clientes. A companhia opera uma constelação de satélites multiresolução com sensores ópticos (SPOT) e sensores por radar (TerraSAR-X, TanDEM-X). A Astrium GEO oferece ainda imagens provenientes de outros satélites programáveis de parceiros, como Formosat-2 e Deimos. Com alto nível de precisão e escala global, essas imagens são amplamente utilizadas por governos, empresas e ONGs como ferramentas de inteligência para aplicações nas áreas de agricultura e meio ambiente, energia, engenharia e infraestrutura, mineração, planejamento urbano, defesa e segurança pública. A companhia conta com cerca de 1 mil profissionais e escritórios em mais de 20 países, entre eles o Brasil. A Astrium-GEO dispõe de um mosaico de imagens atualizadas em alta resolução cobrindo todo o território nacional. Mais informações: http://www.astrium-geo.com/

 Sobre a Elecnor Deimos:

Elecnor Deimos é a empresa de tecnologia do Grupo Elecnor especializada no desenho, engenharia e desenvolvimento de soluções, assim como a integração de sistemas. Com 500 colaboradores, dos quais 80% são graduados e 300 se dedicam ao desenvolvimento de sistemas, a Elecnor Deimos gerencia o ciclo de vida dos projetos que conduz, oferecendo soluções sob medida para os mercados aeronáutico, espacial, defesa, transporte, energia e meio ambiente, telecomunicações e segurança.

 A divisão de sensoriamento remoto da Elecnor Deimos nasceu da união entre a companhia espanhola de engenharia aeroespacial, Deimos Space, e o Laboratório de Sensoriamento Remoto da Universidade de Valladolid (LATUV). A empresa atua na concepção, implementação, operação e exploração comercial de um sistema espacial de observação da Terra a partir de sua sede, na Espanha. A Elecnor Deimos acredita na utilização prática da tecnologia espacial para diversas aplicações, sobretudo para projetos que visem um melhor conhecimento, gestão e conservação do meio ambiente e de seus recursos naturais. A companhia conta com mais de 30 clientes espalhados pela Europa, EUA e África. Mais informações: http://www.deimos-imaging.com/

Anúncios

Os comentários estão desativados.