Dicas para proteger seu smartphone

* Por Ascold Szymanskyj

A segurança da informação no mercado de dispositivos móveis é um tema que vem ganhando relevância, dado o significativo crescimento desta indústria. Será o primeiro ano na história em que serão vendidos mais smartphones do que notebooks no Brasil, segundo a IDC. Com essa mudança na forma como acessamos e consumimos informação, cada vez mais fazendo uso desses dispositivos como meio de pagamento e plataforma profissional e de entretenimento, torna-se crucial atentar para vulnerabilidades associadas a esses equipamentos, como vírus, malwares, spywares, além do próprio risco de roubo ou furto. Infelizmente, quase a totalidade dos usuários de dispositivos móveis ainda não está ciente dos riscos e ameaças virtuais que afetam esses equipamentos. Aqui vão algumas dicas para proteger seu smartphone:

1.       Mantenha seu sistema atualizado

Isso permite que você aproveite ao máximo os recursos do equipamento ao mesmo tempo em que protege sua informação. Mantenha sempre atualizado o software em seu PC ou smartphone.

 2.       Instale um software de segurança

Como o dispositivo móvel funciona como um computador de mão, ele se torna cada vez mais um alvo atraente para ação de hackers, crackers ou ladrões. Uma solução de segurança confiável protege os dados contidos no equipamento contra pragas virtuais, além de permitir a localização de seu telefone em caso de perda ou roubo.

 3.       Cuidado ao clicar em links desconhecidos

As ameaças digitais que mais recebemos são ‘scams’ ou ‘ataques fishing’, que em geral ocorrem quando recebemos um email simulando o contato de uma fonte confiável e que solicita que cadastremos dados pessoais. Verifique se o site começa com “https” antes de digitar informações pessoais.

 4.       Evite efetuar compras ou operações bancárias em redes públicas

A rede Wi-Fi na qual seu celular está conectado pode não ser segura. Limite sua atividade de navegação nestas redes e evite fazer transações eletrônicas que incluam informações e senhas de sua conta bancária.

 5.       Baixe aplicativos de fonte segura

Parte da diversão de ter um smartphone é possuir uma grande quantidade de aplicativos. No entanto, alguns não possuem mecanismos de controle. Recorra a lojas de empresas reconhecidas. Caso queira baixar um aplicativo de um terceiro, verifique se a fonte é confiável.

 6.       Avalie bem quais são os dados de acesso solicitados por cada aplicativo

Alguns aplicativos podem requerer acesso a seus dados ou informações pessoais. Seja cauteloso com o acesso que está fora do escopo ou da proposta do aplicativo. Caso um aplicativo como este solicite esse tipo de acesso, desconfie. Caso tenha alguma dúvida sobre o aplicativo, não o instale.

 *Ascold Szymanskyj é Vice-Presidente de Vendas e Operações da     F-Secure para a América Latina

Anúncios

Os comentários estão desativados.