Império do amor

Por Claudio Gandelman

Com a correria do dia a dia, as pessoas têm cada vez menos tempo para os relacionamentos. As horas antes dedicadas à paquera são engolidas por compromissos inadiáveis. O avanço da tecnologia, o surgimento de novos canais de comunicação e a popularização da internet quebraram as barreiras que faltavam para unir as pessoas. Hoje o Brasil conta com mais de 73,7 milhões de internautas, segundo o Ibope Nielsen Online. Como um agente facilitador, a internet entrou de vez na vida das pessoas e por meio dela é possível pagar contas, fazer compras, pedir medicamentos, agendar consultas, entre tantas outras coisas. E por que não usá-la ainda mais a seu favor? Sem dúvida a web é uma ótima ferramenta para aqueles que buscam encontrar o seu par perfeito.

 Pensando em unir os corações solitários, surgiu um novo serviço: os sites de relacionamento, que funcionam como um cupido virtual. Este segmento nos mostra que a tendência veio para ficar. Os números de novos usuários não param de crescer e as expectativas são ainda mais otimistas. Mas o que faz com que esse setor seja tão promissor? Dois fatores representam bem esse sucesso, o momento da internet e a qualidade das ferramentas disponíveis.

 Por meio da inovação, hoje já é possível conhecer melhor uma pessoa virtualmente, antes de sair para um encontro, o que faz com que aumentem as chances de o relacionamento dar certo. Para se comunicarem, os internautas dispõem de ferramentas como VideoChat, que permite conversa por vídeo, voz ou texto, o serviço de SMS, que viabiliza a troca de mensagens por celular mantendo o anonimato, e-mail, entre outras. A ideia é oferecer ao usuário o maior número de opções de contato para que ele se sinta mais seguro e preparado para sair do virtual para o real.

 Os sites permitem algo exclusivo, possível apenas no mundo online, que é ampliar as chances de conectar as pessoas. Em momentos de pico, o serviço chega a reunir 15 mil usuários online ao mesmo tempo, enquanto que em um bar ou numa boa balada dificilmente terá mais de 200 pessoas. Essa é uma tendência não só no Brasil, mas em outros países. De acordo com pesquisa do Match.com nos EUA, que no Brasil é dono do ParPerfeito, 17% dos relacionamentos são iniciados na internet contra 11% que nascem em bares e restaurantes, numa clara inversão das tendências.

 Diante desse panorama, podemos contabilizar milhares de histórias de sucesso. E por que não se dar mais essa chance? É como diz o ditado, quem procura acha! Porém, é preciso estar aberto a todas as oportunidades para encontrar o seu par perfeito.

 *Claudio Gandelman é presidente do ParPerfeito, maior site de relacionamento do Brasil.



 

Anúncios

Os comentários estão desativados.